Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Científica UMC, editada pela Universidade de Mogi das Cruzes – UMC, somente em meio eletrônico, de periodicidade semestral e acesso gratuito, é voltada para a divulgação de trabalhos acadêmicos inéditos em todas as áreas do conhecimento: Jurídica; Sociais Aplicadas; Exatas e Tecnologias; Saúde e Biológicas; Educação, Comunicação e Artes.

Por meio desta publicação, objetiva-se estimular a divulgação do conhecimento produzido pelo corpo docente e discente, principalmente dos cursos de graduação oferecidos pela Universidade. Ao apresentar conteúdo variado, a Revista constitui importante canal interdiscursivo, que permite a obtenção rápida e prática de um painel da produção científica da UMC em diversas áreas.

Busca-se também incentivar o intercâmbio entre a pesquisa tecnológica e o mundo profissional, entre biociências e saúde comunitária, entre estudos nas áreas de humanas e necessidades populacionais. A interação entre ciência e senso comum, ou seja, entre universo acadêmico e comunidade, contribui para assegurar o cumprimento da missão social de uma instituição de ensino superior, prática essa que sempre norteou todas as ações da UMC.

Além do caráter multidisciplinar, a Revista Científica UMC é aberta à publicação de diferentes gêneros e formatos acadêmicos, encaminhados segundo normas estabelecidas e previamente submetidos a processo de aprovação por pares. O projeto editorial é estruturado de modo a contemplar, de acordo com a produção semestral, as seguintes seções: Editorial, Destaque, Artigos e Seção Livre. Nesta última, são aceitos os gêneros Ensaio Acadêmico, Relato de Casos Clínicos, Relato de Experiências, Revisão Sistemática da Literatura, Resenha Crítica e Entrevistas.

 

 

Políticas de Seção

Editorial

Seção exclusiva de editores e convidados.

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos - Área Jurídica

Política padrão de seção.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos - Área Sociais Aplicadas

Política padrão de seção.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos - Área Exatas e Tecnologias

Política padrão de seção.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos - Área Saúde e Biológicas

Política padrão de seção.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos - Área Educação, Comunicação e Artes

Política padrão de seção.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Ensaios Acadêmicos

Texto relativamente extenso, por meio do qual se expõem ideias e pontos de vista do autor  sobre determinado tema de relevância teórica, técnica e científica, de forma original e não exaustiva, com base em pesquisa bibliográfica e documental.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relatos de Casos Clínicos

Descrições detalhadas de casos clínicos que apresentem características sobre o indivíduo estudado, bem como relatem procedimentos terapêuticos empregados e resultados obtidos.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relatos de Experiências

Descrições de experiência, investigação, processo, método e/ou análise laboratorial e respectivos resultados, devidamente fundamentadas em aportes teóricos.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Revisões Sistemáticas de Literatura

Planejadas para responder pergunta específica, trata-se de compilações de dados científicos sobre determinado tema, por meio das quais se objetiva identificar, selecionar, avaliar e sintetizar as evidências relevantes disponíveis.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas Críticas

Textos breves em que se apresenta descrição de conteúdo e forma, acompanhada de análise crítica de determinada obra, seja esta escrita ou elaborada em outras linguagens. Por meio de resenhas, objetiva-se julgar as proposições do autor, investigar a consistência de seus argumentos e a persistência de suas conclusões, a partir de pesquisa bibliográfica e documental.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Comumente utilizadas por estudiosos, consistem em conversas orientadas para determinados objetivos, de modo a recolher, por intermédio de interrogatório do(s) entrevistado(s), dados importantes para a pesquisa. Editadas a partir de normas específicas, tornam-se importante gênero textual acadêmico.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação de trabalhos submetidos para publicação na Revista Científica UMC se dá em dois momentos. No primeiro, o trabalho é analisado pela equipe editorial da Revista, a qual faz uma avaliação prévia da pertinência do conteúdo dos trabalhos em relação à política editorial da Revista e da adequação da redação ao gênero proposto e das normas de publicação.

Nesse primeiro momento, o trabalho pode ser rejeitado ou então ser encaminhado para avaliação de dois pareceristas. No segundo momento, o trabalho, sem identificação de autoria (avaliação por pares cega*), é submetido à avaliação de dois pareceristas, membros do Conselho Editorial ou pareceristas ad hoc. Somente são publicados os trabalhos aprovados pelos dois pareceristas, se atendidas pelo autor, quando houver, as modificações solicitadas. Havendo divergência entre os dois pareceres, um terceiro é solicitado.

* Segundo o SEER – Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas, disponível no site do IBICT – Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (http://www.ibict.br) avaliação por pares cega o “sistema de avaliação de produção científica é um processo pelo qual toda a literatura científica passa antes de ser publicada. Para que um artigo científico seja publicado este passa por todo um procedimento de avaliação criteriosa, rigorosa e paramétrica assinada por revisores preparados, éticos, críticos e confiáveis. Dá-se o nome de avaliação por pares cega quando os avaliadores não têm informações sobre os autores dos artigos e nem os autores são informados sobre quem participou da avaliação de seus trabalhos” (http://seer.ibict.br/index.php?option=com_content&task=view&id=279&Itemid=74).

 

Periodicidade

Semestral

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Estrutura Editorial

Revista Científica UMC é estruturada da seguinte maneira:

Editorial: texto introdutório da edição, redigido por um ou mais componentes da equipe editorial ou, ainda, por colaborador especialmente convidado.

Destaque: artigo mestre selecionado entre os enviados para cada edição, a partir de critérios como gênero, oportunidade, atualidade e relevância, em sistema de revezamento por área de conhecimento a cada edição. A seleção é feita pela equipe editorial em comum acordo com o conselho editorial de cada número da Revista.

Artigos: seção central da revista, subdividida pelas áreas do conhecimento que se caracterizam como objetos da publicação. Os artigos submetidos são sujeitos à apreciação e aprovação prévia da equipe editorial e à avaliação por pares.

Segundo a ABNT (NBR 6022, 2003, p.2), artigo científico é definido como “parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento”; difere da monografia por seu caráter conciso e pela necessidade de passar por criterioso processo de aprovação antes de ser publicado.

Quanto ao conteúdo e à função, de acordo com Marconi e Lakatos (2005, p,262), o artigo pode:

a) versar sobre um estudo pessoal, uma descoberta, ou dar um enfoque contrário ao já conhecido;

b) oferecer soluções a questões controvertidas;

c) levar ao conhecimento do público intelectual ou especializado no assunto novas ideias, para sondagem de opiniões ou atualização de informes;

d) abordar aspectos secundários, levantados em alguma pesquisa, mas que não seriam utilizados na mesma.


Seção Livre: voltada para a publicação de textos acadêmicos inéditos em formatos variados, sujeitos à apreciação e aprovação prévia da equipe editorial e à avaliação por pares.

  • Ensaio acadêmico: texto relativamente extenso, por meio do qual se expõem ideias e pontos de vista do autor  sobre determinado tema de relevância teórica, técnica e científica, de forma original e não exaustiva, com base em pesquisa bibliográfica e documental.
     
  • Relato de casos clínicos: descrição detalhada de casos clínicos que apresente características sobre o indivíduo estudado, bem como relate procedimentos terapêuticos empregados e resultados obtidos.
     
  • Relato de experiências: descrição de experiência, investigação, processo, método e/ou análise laboratorial e respectivos resultados, devidamente fundamentada em aportes teóricos.
     
  • Revisão sistemática de literatura: planejada para responder pergunta específica, trata-se de uma compilação de dados científicos sobre determinado tema, por meio da qual se objetiva identificar, selecionar, avaliar e sintetizar as evidências relevantes disponíveis
     
  • Resenha crítica: texto breve em que se apresenta descrição de conteúdo e forma, acompanhada de análise crítica de determinada obra, seja esta escrita ou elaborada em outras linguagens. Por meio deste gênero, objetiva-se julgar as proposições do autor, investigar a consistência de seus argumentos e a persistência de suas conclusões, a partir de pesquisa bibliográfica e documental.
     
  • Entrevista: comumente utilizada por estudiosos, consiste em conversa orientada para determinado objetivo, de modo a recolher, por intermédio de interrogatório do entrevistado, dados importantes para a pesquisa. Editada a partir de normas específicas, torna-se importante gênero textual acadêmico

 

Perfil da Publicação

Revista Científica UMC

Instituição Proponente: Organização Mogiana de Educação e Cultura (OMEC) – Universidade de Mogi das Cruzes.

Áreas de Conhecimento: Jurídica; Sociais Aplicadas; Exatas e Tecnologias; Saúde e Biológicas; Educação, Comunicação e Artes.

Público-alvo leitor da revista: Acadêmicos e profissionais das respectivas áreas de conhecimento.

Tipos de trabalhos aceitos: Artigo Original, Ensaio Acadêmico, Relato de Casos Clínicos, Relato de Experiências, Revisão Sistemática da Literatura, Resenha Crítica e Entrevista.

Artigos e demais gêneros para a Seção Livre podem ser submetidos em fluxo contínuo, levando-se em consideração a data de fechamento da edição na opção Chamadas. De acordo com a quantidade e variedade de gêneros recebidos, os textos serão avaliados para publicação em edições subsequentes, conforme a ordem de chegada. 

Veiculação: A revista não apresenta versão impressa. Entretanto, é encaminhada versão digital em CD-ROM para depósito junto à Biblioteca Nacional, em atenção aos termos das Leis Federais 10.994/04 e 12.192/10. 

Idioma: Português.

Apresentação de trabalhos: vide menu Submissões / Submissões Online / Diretrizes para autores.

 

Próximas Edições / Chamadas

As submissões para publicação na Revista Científica UMC ficam abertas em fluxo contínuo.

Os artigos e demais gêneros acadêmicos submetidos são encaminhados para avaliação e, uma vez aprovados, entram em fila para publicação.

Como critério utilizado para publicação do texto em cada edição, são levados em consideração a data de submissão e o tempo dispendido para o processo de avaliação, até a aprovação final.

A Revista Científica UMC tem duas ediçôes por ano: uma em fevereiro e outra em agosto.

 

A Universidade de Mogi das Cruzes

Corria o ano de 1962 quando o professor Manoel Bezerra de Melo criou, na cidade de Mogi das Cruzes, uma escola de ensino fundamental, que na época ainda se chamava "ginásio". Começava ali a Organização Mogiana de Educação e Cultura - OMEC.

Em 1964, foram instaladas as primeiras faculdades do complexo educacional que, a partir de 1973, passou a ser a Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Tradição e pioneirismo marcam os cinquenta anos de história da Instituição.

Ao longo desse período, a UMC vem preparando seus alunos, que hoje somam mais de 20 mil nos campi de Mogi das Cruzes e Villa-Lobos/Lapa, para as exigências do mercado de trabalho e para o exercício da cidadania.

Atualmente a Universidade de Mogi das Cruzes conta com dezenas de cursos cujos conteúdos e métodos de ensino-aprendizagem são continuamente atualizados e aprimorados. O corpo docente da UMC é formado por 60% de mestres e doutores, muitos dos quais desenvolvem importantes projetos científicos. Os alunos também podem participar de projetos de pesquisa, recebendo bolsas de iniciação científica.

Para tanto, a Universidade mantém intercâmbio com instituições nacionais e internacionais e oferece, ainda, laboratórios, equipamentos modernos e espaços especialmente planejados para o desenvolvimento de aulas, palestras, conferências, entre várias outras atividades acadêmicas.

Graças a esses recursos, a Universidade de Mogi das Cruzes vem-se destacando na formação de profissionais nas áreas de Ciências Exatas e Tecnológicas, Ciências Humanas e Ciências da Saúde.

Hoje, a UMC está entre as melhores universidades brasileiras.

A universidade foi avaliada, recentemente, pelo Ministério da Educação (MEC) e obteve nota 4, em uma escala de 1 a 5, o que a coloca entre as melhores universidades particulares do Brasil e a melhor da Região do Alto Tietê.

Missão institucional

“Gerar e disseminar o conhecimento para formar profissionais socialmente responsáveis, empreendedores e transformadores da realidade contemporânea.”

 

Administração Superior da UMC

Chanceler
Prof. Manoel Bezerra de Melo

Reitora
Profª M.Sc. Regina Coeli Bezerra de Melo

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA - PROAC

Pró-reitor Acadêmico - Campus Sede - Mogi das Cruzes
Prof. Dr. Claudio José Freixeiro Alves de Brito

Pró-reitor Acadêmico - Campus Fora de Sede - Villa-Lobos/Lapa
Prof. Dr. Ariovaldo Folino Junior

Assessor Pedagógico - Campus Sede
Prof. Dr. Hélio Martucci Neto

Assessor Pedagógico - Campus Fora de Sede
Prof. Dr. Wilson Pereira Dourado

DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO

Diretor de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão
Prof. Dr. Claudio José Freixeiro Alves de Brito

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - EAD

Diretor de Educação a Distância - EAD
Prof. Dr. Ariovaldo Folino Júnior

Assessora Pedagógica - EAD
Profa. Dra. Andrea Lícia de Almeida Oliveira

DIRETORIA ADMINISTRATIVA 

Diretor Administrativo
Sr. Luiz Carlos Jorge de Oliveira Leite

ATENDIMENTO INTEGRADO 

Gerente de Atendimento Integrado
Elisangela Souza de Oliveira Cipullo - elisangelaoc@umc.br

Secretário Acadêmico
Prof. Claudio da Silva Nicoliche - silva@umc.br

Bibliotecária Chefe - Campi Mogi das Cruzes e Villa-Lobos/Lapa
Sra. Decléia Maria Faganello - bibli@umc.br

Coordenação da Comissão Própria de Avaliação - CPA
Profa. M.Sc. Vera Lúcia Pereira de Lima 

Supervisora de Assuntos Acadêmicos - Campus Villa-Lobos
Michelle Cavalcante Sousa de Lima - michelle@umc.br

Supervisora de Assuntos Financeiros - Campus Villa-Lobos
Rosiley Alves da Silva – rosiley@umc.br