COMUNIDADES DE FORMIGAS EM DIFERENTES HABITATS DE PARQUES URBANOS

Nathalia Sampaio Silva, Tae Tanaami Fernandes, Débora Souza-Campana Rodrigues, Mariana Ayumi Goto, Maria Santina Castro Morini

Resumo


Os parques urbanos são importantes locais para a preservação da biodiversidade, especialmente quando há vegetação nativa. O objetivo deste estudo foi analisar as comunidades de formigas em diferentes habitats de parques urbanos, com vegetação nativa de Mata Atlântica. As coletas foram realizadas em três parques, situados na cidade de Mogi das Cruzes (SP). Em cada parque, as formigas foram coletadas em quatro habitats (superfície da serapilheira, serapilheira, vegetação e galhos). No total foram registradas 79 espécies, sendo a serapilheira o habitat mais rico. Apenas seis espécies foram registradas em todos os habitats. As comunidades de formigas na superfície da serapilheira e serapilheira são similares entre si. Espera-se que os resultados deste estudo complemente o conhecimento sobre a biodiversidade de formigas em parques urbanos com vegetação nativa de Mata Atlântica, e possam ser usados em programas para a conservação em áreas verdes urbanas.

Texto completo:

ARTIGO NA ÍNTEGRA

Apontamentos

  • Não há apontamentos.