Determinação de sujidades leves em farinha de trigo

Luis Henrique Garcia Amoedo, Nathália Higa Hanate

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade de amostras de farinha de trigo do tipo 1 obtidas no comércio varejista do município de Mogi das Cruzes, por meio da determinação de sujidade leves pelo método descrito pela AOAC. Foram avaliados quatro lotes diferentes de quatro marcas distintas de farinha de trigo por reação de hidrólise-ácida e flutuação. Os resultados indicam que somente uma das quatro marcas avaliadas está de acordo com as recomendações da RDC nº14 / 2014 da ANVISA. As demais apresentaram sujidades, como fragmentos de insetos em número acima do limite máximo permitido. Os resultados sugerem que ações de fiscalização pelos órgãos governamentais competentes deveriam ser intensificadas, no sentido de garantir a qualidade deste produto, pois fragmentos de insetos podem potencialmente oferecer risco à saúde do consumidor. 

Palavras-chave: Farinha de Trigo; Sujidades Leves; Fragmentos de Insetos; Trigo.

 

Abstract: This investigation aimed to evaluate the quality of type 1 wheat flour samples purchased in the retail trade of the municipality of Mogi das Cruzes, through the determination of light filth by the method described by the AOAC. Four different batches of four distinct wheat flour brands were evaluated through acid-hydrolysis reaction and flotation. The results indicate that only one of the four evaluated brands is in accordance with the recommendations of the RDC nº14 / 2014 of ANVISA. The others presented filths, among them insect fragments, in number above the maximum limit allowed. The results suggest that enforcement actions by the competent government agencies should be intensified in order to guarantee the quality of this product, since fragments of insects can potentially pose a risk to consumer health.

Key words: Wheat Flour; Light Filth; Insect Fragments; Wheat.


Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS (AOAC) International. Officcial Methods of Analysis of AOAC International. Item 972.32 15.ed., Gaithersburg, MD: AOAC, 1990.

BIRCK, Neusa M. M. Contaminação fúngica, micotoxinas e sua ralação com a infestação de insetos em trigo (Triticum aestivum) pós-colheita. 2005. 148f. Dissertação. (Mestrado em Ciência dos Alimentos) – Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, 2005.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Resolução CNNPA nº 12, de 1978, foi revogado pela Portaria nº 354, de 18 de julho de 1996. Aprova o regulamento técnico sobre a maneira que a farinha de trigo deve ser produzida. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 18 jul. 1996.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Resolução CNNPA nº 14, de 2014. Dispõe sobre matérias estranhas macroscópicas e microscópicas em alimentos e bebidas, seus limites de tolerância e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 31 mar. 2014.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Resolução CNNPA nº 175, de 2003. Dispõe sobre regulamento técnico de avaliação de matérias macroscópicas e microscópicas prejudiciais á saúde humana em alimentos embalados. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 10 jul. 2003.

CEZAR, Ana P. C. Controle de qualidade em farinha de trigo. 2012. 26f. Tese. (Doutorado em Tecnologia em Alimentos) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Campo Mourão, 2012. Disponível em: . Acesso em: 29 mar. 2016.

COSTA, Mariana S. Avaliação da qualidade industrial de linhagens de trigo por meio de métodos físico-químicos, reológicos e de panificação. 2013. 150f. Dissertação. (Mestrado em Engenharia e Ciência de Alimentos) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. São José do Rio Preto, 2013. Disponível em: < http://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/88423/000715110.pdf?sequ

ence=1> Acesso em: 29 mar. 2016.

DIMOV, M. N. et al. Extração de sujidades leves em farinha de trigo integral: validação de metodologia. Revista Instituto Adolfo Lutz, São Paulo, v.63, n.1 p.91-96, mar. 2004.

FISTES, Aleksandar; RAKIC Dusan; TAKACI Aleksandar. The Function for Estimating the Separation Efficiency of the Wheat Flour Milling Process. Association of Food Scientists & Technologists, India, v.50, n.3, p.609-614, mai. 2012.

MOUSIA, Z.; EDHERLY, S.; PANDIELLA, S. S.; WEBB, C. Effect of Wheat Pearling on Flour Quality. Food Research International. Canadá, v.37, n.5, p.449- 459, 2004.

OLIVEIRA, Andressa, J. Avaliação da qualidade industrial da farinha de trigo. 2013. 29f. Relatório de Estágio supervisionado. (Graduação em Tecnologia em Biotecnologia) – Universidade Federal do Paraná. Palotina-PR, 2013. Disponível em: Acesso em: 1 de abr. 2016.

OLIVEIRA, Maico J. Proposta de planejamento e controle da produção na agroindústria de moagem de trigo. 2007. 89f. Dissertação. (Mestrado de Engenharia de Produção) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2007. Disponível em: . Acesso em: 11 de abr. 2016.

SCHEUER, Patricia M.; FRANCISCO, Alicia; MIRANDA, Martha Z.; LIMBERGER Valéria M. Trigo: Características e utilização na panificação. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, Campina Grande, v.13, n.2, p.211-222, 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2016.

SUN, K.; QIAN, Y. W.; SPICER V.; WHITE, N.D.G.; JAYAS D. S. Feasibility of Protein Fingerprinting Technololy for Detecting Tribolium castaneum (Herbst) Insect Fragments in Wheat Flour. Journal of Stored Products Research, Toronto, v.55, n.10, p. 36-40, jul. 2013.

VARGAS, Carlos H. B.; ALMEIDA, Armando A. Comparação de métodos para pesquisa de sujicidades leves e verificação das condições higiênicas de farinha de trigo especial. B.CEPPA, Curitiba, v.14, n.1 p. 65-76, jan./jun. 1996.

VILLELA, Mara L. R. Pesquisa de sujidades em farinha de trigo e seus derivados entre 1987 e 2002. A importância do Controle de Qualidade na higiene e segurança alimentar, suas influencias na Legislação Sanitária e promoção da saúde. 2004. 127f. Dissertação. (Mestrado em Vigilância Sanitária) – Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz, 2004. Disponível em: . Acesso em: 11 abr. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.